Papa beija um imã: campanha publicitária causa polêmica

O Vaticano condenou “uso sem autorização e manipulador” da imagem   Papa Bento XVI e Ahmed Mohamed el Tayeb (Divulgação)

Papa Bento XVI e Ahmed Mohamed el Tayeb

 

O grupo italiano Benetton anunciou nesta quarta-feira a decisão de retirar de circulação uma campanha publicitária mostrando o Papa beijando na boca um imã, dizendo-se “desolado com o fato de a utilização da imagem ter chocado tanto a sensibilidade dos fiéis”.

A campanha, que estampou em outdoors fotomontagens mostrando também beijos calorosos entre Nicolas Sarkozy e Angela Merkel, entre Barack Obama e Hugo Chávez, e entre Mahmud Abbas e Benjamin Netanyahu, causou alvoroço ao redor do mundo.

“Lembramos que o sentido desta campanha é exclusivamente combater a cultura do ódio sob todas as formas”, comentou, em comunicado, um porta-voz do grupo.

A decisão da Benetton acontece logo depois de o Vaticano condenar o “uso sem autorização” e “manipulador” da imagem do Papa, dizendo que é algo “inaceitável” e sugerindo que pode haver um processo legal contra a companhia. “Foi um grave desrespeito ao papa, uma ofensa contra os sentimentos dos fieis e um claro exemplo de como uma publicidade pode violar as regras básicas do respeito para chamar atenção por meio de uma provocação”, diz um comunicado divulgado pelo Vaticano.

(Veja com agência France-Presse)

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: