Atitudes que tornam o Facebook mais chato que o Orkut

Já notaram como não existe gente feia no Facebook? Diferente do Orkut, onde as fotos as vezes assustavam criança na barriga da mãe, a rede social do Zuckenberg deve ter algum filtro para tratar imagem – pena que, se visualmente as coisas estão bem mais agradáveis, não dá para dizer o mesmo da experiência do usuário. Tem muita gente preocupada com a “orkutização” do Facebook – o Puxa! quer mostrar que tem coisas bem mais insuportáveis acontecendo com ele.

#5 Pílulas de literatura

No Orkut, bastava a menininha ter uma dorzinha de cotovelo para postar uma frase da Clarice Lispector. E sabem o que mudou do Orkut para o Facebook? Agora automatizaram a postagem da frase – e ela aparece quinze vezes por dia na sua timeline.

Clarice Express: mandou, chegou, se lamentou.

Rede social nova, enchimento de saco velho: continuam as citações com autores errados, citações incompletas, citações fora de contexto e pessoas que acham mesmo que suas vidas medíocres podem ser sintetizadas em citações de grandes autores. Ninguém pensou “puxa, e que tal se eu começasse a falar sobre os livros que REALMENTE li, ao invés de ficar vomitando frases que eu acho que entendo?”. Mas não: o negócio agora é postar trechos de Los Hermanos, a Clarice Lispector unisex das citações.

E se você gosta tanto assim do Caio Fernando Abreu, faça um favor à memória dele: comece a postar que ele tem livros inteiros escritos, não frases sobre os anos serem doces ou o diabo.

#4 Jornalismo verdade

Vocês alguma vez já receberam aquele e-mail com a história do menino seqüestrado que foi encontrado em uma construção vazia, com um bilhete que dizia que ele tinha sido infectado com 30 doenças? Eu recebi duas vezes – uma em 2002, outra em 2007. Fiquei pensando que esse menino tem uns anticorpos do cacete, para ter sobrevivido tanto tempo.


Ainda vamos descobrir que esse boato tá rolando desde 1923. E que ele era o menino.

Denunciar na internet não é novo – só ficou mais rápido e prático no Facebook. Apareceu uma foto de um cachorro com maus tratos? Dali meia hora, seus contatos já repostaram sete vezes – e ninguém te perguntou se você queria ou não ver aquilo.

Vocês gostam de ver o Datena narrando enchente no Cidade Alerta? E se você ligasse a televisão e todos os canais estivessem passando o programa, em cadeia nacional? Pois é isso que acontece no Facebook – poste uma coisa que você julga importante e todo mundo vai ver, querendo ou não. Claro, dá para bloquear atualizações, mas podia funcionar ao contrário – não custa nada criar uma lista chamada “pessoas que eu acho que gostariam de ver um cachorro morto”, e ter o bom senso de mandar só para elas.


Vou enviar esse aqui para minha lista “pessoas que ainda não enjoaram de Adele”

#3 Memelândia

Não existia humor no Orkut. O Facebook virou a Terra Encantada dos Memes.


E eu pensando que ia ter que montar uma imagem assim… a Internet não pára de me surpreender.

Longe da gente aqui querer que as pessoas parem de divulgar no Facebook o que elas acham engraçado – porque,erm, bem, a gente vive disso. Mas essa tara com piadas visuais com memes – fuu e uis e troll faces e o que seja – revela uma coisa: boa parte do Facebook caiu no tóxico. E dos fortes.

Nem é questão de discutir se é humor ou não. Piadas com memes são uma coisa primitiva. Pinturas rupestres são mais articuladas que piadas com memes. O Zorra Total é mais criativo que piadas com memes.

Piadas com memes são a Escolinha do Gugu do Facebook.

#2 Uma imagem vale tanto quanto cinco palavras

Só dava para postar imagem na página de scraps dos outros no Orkut – e só tias faziam isso, o que justificava aquelas imagens de anjos brilhantes com monotype corsiva te desejando um Feliz Natal.

No Facebook estão levando a sério aquele papo de “uma imagem vale mais que mil palavras” – só esqueceram que as pessoas não tem mil palavras para dizer. Quando muito, tem cinco.

Acordou? Posta uma imagem do Garfield dizendo que acordou. Chegou sexta-feira? Posta uma imagem de alguém pulando dizendo que chegou a sexta-feira. Veio sua menstruação atrasada? Posta uma imagem de uma mulher com cara de alivio escrito “UFA DECEU”. Sabe aqueles e-mails com imagens de gatos e mensagens sobre não saber que era impossível ir lá e fazer (COF COF) – pois é isso que o Facebook está virando: um grande powerpoint feito com comic sans.

E erros de ortografia. Muitos erros de ortografia.

#1 Cada postagem é uma declaração de princípios

Existe uma diferença essencial entre Orkut e Facebook que explica porque ele está esse porre de Fanta Morango.

A parte mais importante do Orkut era seu perfil: lá ficavam sua foto e seu “quem é você”, que as pessoas usavam para se descrever e, entre outras coisas, para dar indiretas do tipo “solteira sim, sozinha nunca (mas feia para sempre)”. Tudo o que as pessoas precisavam saber sobre você, ficava ali.

A música do Facebook é outra: seu perfil tem sua foto e seu nome – o resto todo vem das suas atualizações. Então cada postagem virou uma declaração de princípios e identidade. O usuário acredita que se não postar todo dia alguma coisa que ele defenda, as pessoas não vão saber qual é a dele. Uma vez que você postou – por exemplo – “Deus é uma mentira”, ninguém jamais vai perguntar dali uma semana se você mudou de idéia.

Talvez ele pergunte.

Curioso que, no dia a dia, as pessoas não são assim. Você descobre que seu colega é vegetariano quando chega o almoço e ele toca no assunto. Ele não te diz “tudo bem? Como foi seu dia ontem? Que tal você parar de consumir carne animal para um futuro mais sustentável para a humanidade?” e por fim saca uma foto do bolso com um porquinho rosado sendo abatido.

Quando o Orkut estava em alta, se comentava como ele era um mundo de mentira, e que as pessoas jamais eram tão interessantes quanto pareciam lá. O Facebook conseguiu uma proeza nova: ficou todo mundo muito mais chato do que é de verdade.

Fonte: Vinício dos Santos, no Puxa cachorra! via Pavablog

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: