Início > Informações, Religião, Cristianismo, Montes Claros, Música, Vida Cristã, Gospel, Notícias, Mundo Cristão > “Jesus não veio buscar mão de obra”, Ariovaldo Ramos no Tribal Generation em Uberlândia

“Jesus não veio buscar mão de obra”, Ariovaldo Ramos no Tribal Generation em Uberlândia

Vista como a geração das redes sociais, a geração cristã atual pode estar mostrando mais conhecimento e menos profundidade em sua relação com Deus? Líderes cristãos renomados descreveram a geração cristã de hoje num Encontro Global Tribal Generation, promovido pelo movimento Tribal Generation de plantação de igrejas, mostrando preocupação com a falta de devoção a Deus.

Pastor Ariovaldo Ramos, missionário da SEPAL, e presidente da Visão Mundial no Brasil. Atualmente ministra na Comunidade Cristã Reformada.

Pastor Ariovaldo Ramos, missionário da SEPAL, e presidente da Visão Mundial no Brasil. Atualmente ministra na Comunidade Cristã Reformada.

“Tem muita gente que pode dizer e diz que a igreja x é a minha igreja, mas ainda não pode dizer a trindade é o meu Deus porque na sua oração ainda não aparece a devoção”, afirmou Ariovaldo Ramos, teólogo renomado da atualidade.

O teólogo explicou que muitas vezes as pessoas têm a capacidade de dar receita para a trindade “faça isso ou aquilo, mas ainda não aparece a devoção que diz: seja feita a sua vontade.”

“Jesus não veio buscar mão de obra, veio buscar filhos, e ser filhos é desfrutar do seu amor e amá-lo acima de tudo e de todos”.

O Encontro, que teve como tema Redescobrindo o caminho de nossos pais que trouxe uma nova ambiência no trabalho da igreja no Brasil, comemorou 12 anos de trabalhos com tribos urbanas e a sociedade em geral.

O coordenador do evento, pastor Olgálvaro Jr., disse em uma de suas pregações que se os pensamentos não estão centrados em Cristo as pessoas acabam encontrando destino de morte.

“Tudo começa na origem do pensamento. Somos o que pensamos, e porque pensamos passamos a falar e a agir e acabamos encontrando destino de morte quando não estamos em Cristo Jesus, mas quando a nossa mente está em Cristo, todo valor, toda relação é fruto da nossa informação primária que adquirimos nas escrituras sagradas.”

Os líderes apontaram também para um “coração ainda pequeno” dos cristãos que vivem na geração dominada pelas redes sociais.

Segundo o coordenador de uma congregação Sal da Terra em Goiânia, pastor Marcos Rocha, a geração das redes sociais “gosta de escrever frases de efeito, filosóficas com aparência de profundidade, mas muita gente tem tido coração pequeno”.

Rocha alerta que o que vai fazer diferença nessa geração não é mais conhecimento, mais filosofia, mais dogmas, mas sim “conhecer o coração de Deus”.

“Que isso seja encarnado na atitude de gente que não faz os seus direitos prevalecerem sobre todas as coisas, mas que em Deus é capaz de abrir mão dos seus direitos para considerar os seus irmãos.”

O encontro aconteceu entre os dias 06 a 09 de junho de 2012 na cidade Uberlândia, Minas Gerais.

[Fonte: Christian Post]

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: