Início > Informações, Religião, Cristianismo, Montes Claros, Música, Vida Cristã, Gospel, Notícias, Mundo Cristão > Prefeito eleito em São João da Ponte, diplomado no hospital, morre com Leucemia

Prefeito eleito em São João da Ponte, diplomado no hospital, morre com Leucemia

Gê Paula (E) durante assinatura do documento da Justiça Eleitoral (Foto: Milton Zuba/divulgação)

O empresário Geraldo da Costa de Paula, o Gê Paula (58), prefeito eleito por São João da Ponte, no Norte de Minas, morreu na manhã dessa quarta-feira (10) vítima de câncer no sangue, doença conhecida como Leucemia. O prefeito eleito foi internado para o tratamento no fim de 2012 e chegou a ser diplomado dentro da Santa Casa de Montes Claros, mas não resistiu ao tratamento.

Em várias entrevistas que concedeu, o empresário, depois de quatro derrotas consecutivas, disse ter finalmente conseguido realizar o sonho, sendo eleito prefeito. Mas pouco mais de um mês após a eleição, Gê Paula passou mal e foi trazido para Montes Claros-MG.

Na disputa pela prefeitura, Gê Paula, que concorreu pelo PPS, recebeu 9.008 votos, derrotando o dentista Márcio Antonio Campos (PMN), que teve 5.894 votos.

Durante a campanha eleitoral, Gê Paula participou de comícios e visitou localidades da zona rural de São João da Ponte, onde residem 69% da população do município, sem apresentar nenhum problema. No final de outubro, ele começou a sentir os primeiros sintomas da doença. Ao participar de um encontro de prefeitos eleitos em Belo Horizonte, passou mal.

Em Montes Claros, após a consulta com o especialista, Ge Paula recebeu o diagnóstico de que estava com leucemia. Imediatamente, iniciou o tratamento com quimioterapia, sendo internado na Santa Casa de Montes Claros.

Antes de morrer, Gê Paula pretendia assumir as funções na administração municipal e continuar o tratamento. Sua prioridade era “lutar para diminuir as desigualdades sociais no município”.

O ex-vereador Sidnei (Gorutuba) Silveira (PMDB) e vice-prefeito Sidney Silveira assume a prefeitura da cidade.

Vereador eleito em Corinto morre um dia antes de ser diplomado

O vereador eleito em Corinto, região central de Minas Gerais, Onésimo Machado Filho, (DEM), 53 anos, conhecido como Léo de Piedade, sofreu um acidente e faleceu no dia 17/12/2012, um dia antes de ser diplomado. O vereador consertava um trator, momento em que caiu e foi atingido pelo veículo que estava sem freios, segundo a PM.

Onésimo foi vereador em Corinto entre 2005 e 2008, e esse ano foi novamente eleito com 278 votos. Ele tomaria posse nesta terça-feira (18). Em seu lugar foi diplomado o primeiro suplente, Rubens Alves de Moura (PRTB), reeleito com 271 votos.

[Com informações do Estado de Minas e do G1]

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Comente aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: