Arquivo

Posts Tagged ‘Brazil’

Orquestra Sinfônica de MG abre 88 vagas

Orquestra Sinfônica de Minas Gerais (Foto: Divulgação)

São 88 vagas para a Orquestra Sinfônica de MG e Coral Lírico de MG.

Inscrições vão até 24 de janeiro e as provas ocorrem em 17 de fevereiro.

Estão abertas até o dia 24 de janeiro as inscrições para concurso público da Fundação Clóvis Salgado, para os cargos das carreiras de músico instrumentista (34 vagas) para a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais (OSMG), músico cantor (43 vagas), para o Coral Lírico de Minas Gerais (CLMG), técnico de gestão artística (5 vagas), analista de gestão artística (2 vagas) e professor de arte (2 vagas).

As provas estão marcadas para o dia 17 de fevereiro. A primeira etapa será de provas objetivas e a segunda, será composta de provas práticas, que serão aplicadas somente para os candidatos aos cargos de músico instrumentista, músico cantor e professor de arte.

Mais informações no site www.ibfc.org.br.

Fonte: G1 Grande Minas

 

Igreja Batista da Barra apresenta “Aleluia” como tema do Musical de Natal

Luzes, enfeites, árvores, Papai Noel, tudo nos envolve num clima de festa, compras, troca de presentes. Muitas vezes o natal é encarado como mais uma comemoração do calendário, outras vezes como o momento de manifestar um espírito solidário, um ato de caridade, uma demonstração de afeto. Mas o verdadeiro sentido do natal ofusca todas as festas, luzes e enfeites, pois ele anuncia o acontecimento mais sublime da história humana: o nascimento do Salvador.

E será com uma mistura perfeita de reverência, alta energia de louvor e adoração íntima, que refletiremos o maravilhoso ato de amor: Deus revelando-se na própria condição humana, em um colorido, diferente e impactante musical para toda a família.  Este é o resumo do espetáculo “Aleluia” que será apresentado como atração natalina encenada pelo coral Art & Canto, grupo de teatro Ato Livre e de dança Cristo e Dança da Igreja Batista Central da Barra da Tijuca (IBC da Barra) e que conta com o trabalho de cerca de 300 voluntários. A história é contada com recursos de teatro, vídeo, música e dança.

Interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras), efeitos especiais, elementos de cena móvel são as novidades deste ano. O evento, realizado todos os anos desde 2009, faz parte do calendário natalino da capital carioca e pretende resgatar o nascimento de Cristo como motivo da festa.

O Musical “Aleluia” terá uma única apresentação, que será no dia 25 de dezembro, às 19h, na Casa de Espetáculos Barra Music, que tem capacidade para 6.500 pessoas. Para este evento, todo o espaço foi adaptado para receber pessoas com necessidades especiais de locomoção. O espetáculo terá a participação dos cantores gospel Fernanda Brum, Bruna Karla, Ariane, Pamela, Emerson Pinheiro e Filipe Bitencourt. Espera-se casa lotada, a exemplo do que vem ocorrendo nos últimos anos. Além disso, o espetáculo será transmitido ao vivo pela internet, como já ocorre com os cultos dominicais, que podem ser vistos pelo www.ibcbarra.com.br.

A entrada são dois quilos de alimentos não perecíveis. Todos os mantimentos arrecadados serão destinados às cestas natalinas que serão montadas e distribuídas a orfanatos, asilos, abrigos e famílias carentes da cidade pelo ministério de Ação Social da instituição. A organização espera arrecadar cerca de 10 toneladas de alimentos. 

  • Espetáculo terá interpretação em Libras
  • Musical conta com efeitos especiais, elementos de cenas sofisticados e acessibilidade a pessoas com deficiência
  • 300 voluntários participam da organização
  • Os ingressos podem ser trocados por dois quilos de alimentos 

Serviço: Musical Aleluia 2012 – (www.ibcbarra.com.br)
Apresentação: 25 de dezembro, às 19h
Local: Avenida Ayrton Senna, 5.850, na saída da Linha Amarela – Rio de Janeiro (sentido Cidade de Deus).

Entrada: 2 kg de alimentos não perecíveis. Os ingressos poderão ser trocados na livraria da igreja a partir do dia 9 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h e aos domingos, das 10h ao meio dia e das 17h às 21h.
Informações para o público: 3325-9000
Entrevistas: jornalista Aline Cosenza (77515669 – jornalismo@ibcbarra.com.br)

[Colaboração Aline Cosenza]

Ateu, Oscar Niemeyer morre no Rio de Janeiro aos 104 anos de idade

oscar_niemeyer

No Rio de Janeiro, o Sambódromo. Em Brasília, a belíssima capital. Marcos das duas cidades, e a genialidade exposta a céu aberto. Obras de Oscar Niemeyer, o poeta da curva.

O arquiteto morreu na quarta-feira (5) à noite aos 104. O corpo vai ser sepultado na sexta-feira (7), no Rio de Janeiro.

Oscar Niemeyer faleceu às 21h55. A esposa dele, Dona Vera, estava ao lado do marido. O último mês de vida ele passou no hospital e impressionou os médicos pela força de vontade de viver.

Até os últimos momentos ele permaneceu lúcido, só perdeu a consciência na quarta de manhã. E falava em novos projetos, novos trabalhos.

O corpo será levado para Brasília, onde será velado no Palácio do Planalto. Ele volta à noite para o Rio de Janeiro, onde será velado no Palácio da Cidade. O prefeito Eduardo Paes decretou luto de três dias. Ele será enterrado no Rio.

Oscar Niemeyer estava internado desde o dia 2 de novembro em um hospital na Zona Sul do Rio. Segundo a equipe médica, o estado de saúde de Niemeyer piorou nos últimos dois dias.

O médico Fernando Gjorup, amigo do arquiteto, fez o anúncio oficial. “Oscar Niemeyer vinha, desde ontem, apresentando sinais de nos exames laboratoriais piora e infecção respirat[oria. Hoje pela manhã, apresentou insuficiência respiratória, teve que ser entubado, ventilado por aparelho, e agora à noite ele não tolerou e veio a falecer às 21h55. Ele não falava sobre morte. Nunca falou. Ele falava em viver”, disse.

O arquiteto manteve o bom humor e a lucidez até um dia antes de morrer. “Ele só falava quando ele estava melhor. Ele pedia: ‘Preciso ir para casa. Eu estou cheio de coisa atrasada para fazer. Quero tomar vinho e preciso acabar alguns projetos’. Estamos todos muito sentidos e vamos sentir muita falta deste homem, deste brasileiro, deste modelo do tio. De tudo o que ele foi para o país e para família em especial”, lamentou o sobrinho Paulo Niemeyer.

Peter Gasper é cenógrafo e iluminador. Fez mais de 40 projetos com Oscar Niemeyer, no Brasil e no exterior. “Tem muitas obras ainda em andamento. Eu fico realmente honrado em ter sido amigo dele. Honrado em ter trabalhado com ele e honrado em continuar a trabalhar com ele. Ele se foi, mas eu continuo trabalhando com ele”.

O arquiteto Lauro Cavalcanti é o maior especialista em Niemeyer no Rio e também um grande amigo do arquiteto. “Tinha uma coisa muito ligada no trabalho dele, claro, mas também ligadíssimo em política, na vida, interessado nas coisas. Eu acho que a longevidade dele deu-se pela genética, mas também por este interesse vital nas coisas”.

O prefeito Eduardo Paes decretou luto oficial de três dias pela morte de Niemeyer. “Eu acho que a gente perdeu o um grande brasileiro, uma pessoa que a vida inteira acreditou até o fim nos seus ideais. Há três, quatro meses atrás ele só falava de futuro, só falava de projetos. E acho que Oscar é um revolucionário. É um homem que transformou”, afirmou.

O amigo Chico Buarque não quis gravar entrevista, mas divulgou a seguinte nota: “Oscar Niemeyer teve uma vida muito bonita. Foi um dos maiores artistas do seu tempo e um homem maior que a sua arte”.

Parentes e amigos de Oscar Niemeyer chegam a todo o instante ao hospital. A esposa do arquiteto, Dona Vera Lúcia, disse que haverá uma missa no próprio hospital.

Só depois disso o corpo deve ser levado, a princípio, ao Aeroporto Santos Dumont, onde embarca em um voo fretado para Brasília, para o velório, que acontecerá no Palácio do Planalto.

Ainda nesta quinta-feira o corpo será levado de volta para o Rio de Janeiro. Na sexta-feira, ele será velado no Palácio da Cidade. O enterro será no Cemitério São João Batista, na Zona Sul da cidade.

Fonte: O Globo

Twitter abre QG no Brasil. 9 cidades, incluindo BH, estará agregada aos TTs

País é o terceiro a receber escritório da empresa, além dos EUA

Guilherme Ribenboim, novo diretor-geral do Twitter no Brasil

Guilherme Ribenboim fala pela primeira vez como diretor-geral do Twitter no Brasil

Enfim, o Twitter iniciou oficialmente sua operação no Brasil, nesta quarta-feira. O país é o terceiro a receber um QG do microblog, excetuando-se a sede da companhia, os Estados Unidos: Grã-Bretanha e Japão já contam com escritórios locais. A companhia aproveitou o anúncio para revelar a expansão do número de Trending Topics locais: nos próximos dias, será possível saber quais os assuntos mais populares na rede social em mais nove cidades brasileiras – Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Belém, Goiânia, Guarulhos, Campinas e São Luís. Atualmente, seis cidades são listadas.

Leia também: Twitter ganha nova versão – e fica parecido com Facebook

Sob o comando do economista Guilherme Ribenboim, ex-CEO do site de compras coletivas Clickon, o Twitter no Brasil aposta fundamentalmente na operação de negócios. Isso significa manter contato com empresas que queiram usar a rede para se aproximar de consumidores em potencial. “Quatro pilares mostram o objetivo do Twitter no Brasil: manter contatos com seus usuários, empresas de mídia, anunciantes e personalidades”, disse Ribenboim.

O Brasil já é um dos cinco maiores mercados do microblog, que reúne em todo o mundo cerca de 140 milhões de usuários ativos. A plataforma não informa, contudo, o número de cadastrados em cada país.

“Nosso desembarque ao Brasil mostra que a ferramenta se tornou parte importante da vida das pessoas. Nosso foco é continuar encantando nossos usuários”, disse Shailesh Rao, vice-presidente internacional da empresa, que também participou do evento. Ribenboim revelou um dado ilustrativo da presença da ferramenta no Brasil. “Em 2012, registramos um recorde no país: 3.548 tuítes por minuto durante a final da Taça Libertadores da América, entre Corinthians e Boca Juniors.”

O evento desta quarta-feira foi realizado em Sâo Paulo. A empresa não informou, contudo, onde ficará sua sede, nem o número de funcionários. Há cinco vagas abertas no site oficial da empresa.

Fonte: Veja

Sandrinha lança CD na Bello Shopping. Produção leva assinatura de Baruk

Mais uma produção que leva a assinatura do músico Paulo César Baruk 

A cantora Sandrinha em mais um lançamento

A cantora Sandrinha é conhecida por ser pioneira em trabalho musical com crianças. Ela está lançando o CD “Sandrinha e a Garotada – vol. 6”, pela Graça Music. Pensando em oferecer algo especial neste mês das crianças, a livraria Bello Shopping recebe a cantora para uma manhã de diversão, no dia 06 de outubro.

Música, pipoca, brigadeiro, brindes e muito mais pode ser esperado pelas crianças. O evento tem início às 10h e entrada gratuita.

Sandrinha

Capa do novo CD

Ela completou 30 anos de carreira em 2011. São mais de 22 discos gravados (adulto e infantil) e muita história para contar. Sandrinha fez lançamento duplo neste ano: “Sandrinha e a Garotada – vol. 6” e “Minhas Canções na voz de Sandrinha”. As fotos e o projeto gráfico de ambos os trabalhos foram desenvolvidos pela Quartel Design.

O álbum infantil faz parte da série “Sandrinha e a Garotada”. O disco possui 11 faixas. As músicas são de autoria de diversos compositores: Gislaine & Mylena, Junior Maciel & Josias Teixeira, Pr. Edson Feitosa & Ana Feitosa, Adriano Barreto, Décio Figueiredo e Leandro Rodrigues. A produção ficou na responsabilidade de Paulo Baruk.

[Colaboração Janaina Mangerote]

Salão Internacional Gospel recebe homenagem da Faculdade Livre de Música

Ao meio, a jornalista Luciana Mazza e o marido, o publicitário Marcelo Rebello, e José Roberto Sevieri, do Grupo Cipa Fiera Milano

Orgulho de ser referência no país. O Salão Internacional Gospel (SIG) teve o trabalho reconhecido mais uma vez durante o “Prêmio Livre de Música”, evento realizado pela Faculdade Livre de Música, criado pelo reitor e maestro, Eduardo Roz e sua esposa, a diretora Rousilene Gomes Roz. O prêmio reconhece o trabalhode artistas que marcaram a história da música popular brasileira e trabalham em pela cultura.

Representando a música gospel, os idealizadores e organizadores do SIG,

o publicitário Marcelo Rebello, a jornalista Luciana Mazza, do Grupo MR1, e José Roberto Sevieri, do Grupo Cipa Fiera Milano, receberam o prêmio das mãos do maestro Eduardo Roz.

“É um prazer receber esse Prêmio e da mesa presidida pelo Professor Roberto Bueno, representando a Cultura Gospel. É fato que a música é algo transformador, mas cantamos e tocamos para Deus e sabemos que devemos todos os nossos talentos exclusivamente a Ele. Obrigada”, disse Mazza.

Ordem dos Músicos 

A Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) em São Paulo abraçou o projeto e recebeu os artistas, produtores, jornalistas, radialistas, compositores, músicos, empresários e apresentadores em seu salão nobre, onde também outorgou o certificado de Honra ao Mérito da OMB pelos serviços prestados à música brasileira.

A abertura contou com a apresentação da pianista Vera Lucia Davena Piro. Os convidados puderam ouvir canções como “My Way”, na voz de Elzyo Silver, e “A Primeira Namorada”, interpretada por Ângelo Maximo, ambos premiados.

“Essa senhora foi minha professora de teoria musical em 1985 e, graças a ela, sou um maestro”, afirmou Milton Isejima, ao receber o seu diploma de honra ao mérito, apontando para a professora Eulalia Aparecida Santos Ramos.

Presidente da OMB/CRESP, Roberto Bueno que a instituição tem buscado ampliar as oportunidades de trabalho aos professores de música na rede pública. Maestro Biságlia destacou a importância de o músico ser regulamentado e lamentou os anos em que Ordem dos Músicos ficou estagnada, durante mais de 40 anos.

A vice-presidente Maria Cristina Barbato fez um discurso emocionado sobre a nova fase da Ordem dos Músicos. “Nós todos aqui somos briguentos pela situação do músico. Ofendeu um músico, ofendeu a nossa alma”.

Entre os homenageados, estavam presentes:

Adriano Barbiero (rádio capital); Alan 7 cordas (músico); Alex Soares (advogado); Almir Rogério (cantor e compositor); Atsufumi Maehara (coordenador do coral Uirapuru); Carlinhos Muller (músico e publicitário); Chico Branco (compositor); Claudio Coelho (empresário artístico); Fabio Mendes (cantor e comunicador); Fernando Nanão (músico e produtor); Flavia Virginia (cantora e coaching); Gilberto Urano (professor de música); Banda kid abelha (representados pelo produtor Claudio Coelho); Marcelo Gagliotti (produtor musical); kiko (cantor do grupo KLB); Marcio Rogerio Rosa (cantor); Marcos Assumpção (músico); Paulo Henrique Lima da Silva (cantor e professor de música); Steve Bigas (músico multi-instrumentista); Thiago Mingues (músico); Vitor Quacchio Meirelles (cantor); Elzyo Silver (cantor e compositor); Emily (cantora e professora de canto); Eulália aparecida santos ramos (maestrina); Jory Becker (músico); Dhilma Pólen Fernandes (cantora e compositora); Marcelo Rebello, Luciana Mazza e José Roberto Sevieri (organizadores do salão internacional gospel); Marcio Ribeiro (empresário); Angelo Máximo (cantor); Maria Cristina Barbato (vice-presidente da omb-cresp e musicista); Milton Isejima (maestro); Ribas Martins (músico e editor da revista músico); Vera Lucia Davena Piro (musicista); Mariana Santos (musicista); Roberto Bueno (Presidente da omb-cresp e músico); Márcio Ventre (auditor omb/cresp e jornalista) e Claudia Souza (cantora e jornalista).

 

Ranking das Capitais. Rio de Janeiro é a cidade mais cara para se morar

De acordo com levantamento do site Custo de Vida, o Rio de Janeiro é a cidade mais cara para se viver. Confira o ranking publicado pelo site, da mais cara à mais barata. 

Vale lembrar que a concepção do site é do mineirinho de Belo Horizonte,  o desenvolvedor Lucas Franco, de Belo Horizonte. 
%d blogueiros gostam disto: