Arquivo

Archive for outubro \29\UTC 2013

Música. Clássico “Entrega” é interpretado por Vineyard e Heloisa Rosa

Canção está no repertório do novo DVD Ao Vivo no Hangar, gravado no Museu da Aviação, em São Carlos – SP

“Entrega”, registrada pela primeira vez em vídeo no novo DVD “Vineyard – Ao Vivo no Hangar”. O álbum foi gravado no Museu da Aviação, em São Carlos – SP, a partir de um inusitado cenário formado por diversas aeronaves.

Composta originalmente por Marc James, a versão brasileira de “Surrender”, que se tornou conhecida na maioria das igrejas brasileiras, ganha agora uma emocionante interpretação nas vozes de Heloisa Rosa e Marcelino Cardoso, integrante do Ministério Vineyard (Piratininga).

“Vineyard – Ao Vivo no Hangar” traz 15 faixas que conduzem o público a uma nova experiência através da música, incluindo os grandes sucessos “Fome”, “Seja o Centro”, “Tua Voz”, “Só Tenho a Ti”, “Tão Profundo”, “Me Transformar” e muito mais. Destaque para as participações especiais de Ana Paula Valadão e Juliano Son, além de Heloisa Rosa.

Com direção de Ricardo Carreras e Hugo Pessoa, este é o segundo trabalho em vídeo do Ministério Vineyard, lançado agora com a marcaMusile Records, novo selo da Aliança Produção e Distribuição.

Assista “Entrega” no canal Musile Records: http://goo.gl/QwzsMA

Anúncios

Igreja promove “Corrida Gospel” em Montes Claros contra sedentarismo

maratona_

Corrida contra o sedentarismo leva cristãos de todos os credos para corrida e caminhada em Montes Claros-MG neste fim de semana (Foto: Fábio Marçal)

Será realizada neste domingo, a partir das 8 horas, a primeira edição da Corrida/Caminhada Gospel de Montes Claros – “Dando o primeiro passo para a saúde” -, promoção do curso de Educação Física da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). A largada acontece na Praça dos Jatobás, no Bairro Morada do Sol, com percurso até o Parque Municipal Milton Prates (Zoológico) – ida e volta.

A proposta do evento surgiu a partir de um diagnóstico sobre o baixo número de praticantes de atividades esportivas entre os fiéis de uma igreja evangélica da cidade. “Percebi que muitas pessoas têm uma vida sedentária e não praticam nem mesmo uma simples caminhada. Achei então que era hora de fazer algo para mudar isso”, explica Reinaldo da Silva Cruz, que se graduou em junho último no curso de Educação Física da Universidade e faz parte da equipe de coordenação da corrida junto aos acadêmicos Eudes Santos e Farley Ferreira Teixeira.

A adesão à ideia foi imediata e as 250 inscrições já estão praticamente fechadas, mas não somente para os evangélicos. Católicos, espíritas e praticantes de outras religiões também estão inscritos. Para a corrida, o percurso será de 10 quilômetros com largada às 8 horas. Dez minutos depois, saem os participantes da caminhada de 5 quilômetros.

Além das provas, os participantes terão acesso a testes de glicemia, aferição da pressão arterial e massagens, suporte para hidratação e estrutura de atendimento de saúde, caso haja alguma emergência. São parceiros na realização das provas a Copasa, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, MC Trans (controle de tráfego), Secretaria Municipal Adjunta de Esportes e Lazer, Faculdades Funorte e Fasi e Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior do Norte de Minas (Fadenor).

“Outubro rosa”

Um reforço de peso ao projeto da prova vem do Projeto Presente – Associação Padre Tiãozinho -, de apoio às pessoas em tratamento de câncer. A entidade realizará junto à Caminhada Gospel a Caminhada “Outubro Rosa”, como parte da campanha de incentivo ao exame de prevenção ao câncer de mama.

“Aprendi muito durante o curso, principalmente em trabalhos comunitários. Agora chegou a vez de multiplicar isto tudo”, finalizou Reinaldo.

Conferência Internacional discute como fazer discípulos na América Latina

O Instituto Transforma realiza nos 9 a 12 de outubro, em Curitiba (PR), a Conferência Internacional “Como Discipular a América Latina?”. O evento tem o Apoio da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS), Rede Evangélica Paraense de Ação Social (REPAS), do Centro de Assistência e Desenvolvimento Comunitário (CADI), Núcleo de Comunhão Pastoral de Curitiba e da Igreja Batista do Bacacheri.

O propósito da Conferência não é abordar estratégias, mas sim propor princípios que norteiem a missão da igreja em toda a América Latina. Seu objetivo principal é apresentar o Evangelho do Reino enquanto missão transformadora “da igreja, na sociedade”.

Segundo o pastor Rawlinson Rangel, um dos coordenadores do evento, “é responsabilidade da igreja discipular as nações. Precisamos treinar os cristãos para serem ministros na sociedade, imprimindo valores da Palavra de Deus em todas as suas relações e atividades.” Nas palavras de Darrow Miller, um dos preletores, “treinamos os ministros de púlpito, agora temos que treinar os ministros de mercado”.

As palestras trazem à luz temas como história transformadora, o papel da igreja na sociedade, a disciplina do amor, entre outros. Para Rangel, “a Palavra de Deus nos apresenta uma proposta divina que pode mudar nossa sociedade… ela nos faz voltar à preocupação com o próximo. Creio que essas verdades são fundamentais na construção de uma América Latina em harmonia com o coração de Deus”.

A proposta da Conferência é também resgatar o papel do discipulado, que por “muito tempo ficou ofuscado pelo ímpeto evangelístico” na história da missão da Igreja. O evangelho de Marcos nos motiva a evangelizar, pregar o evangelho a toda criatura (Mc 16.15), enquanto que o evangelho de Lucas nos convida a fazer discípulos (Mt 28.19 e 20). Segundo Rangel, “evangelismo é a apresentação das boas novas de redenção e o discipulado é a proclamação de Jesus como Senhor de nossas vidas, como aquele que nos orienta a viver corretamente em um mundo ainda dominado pelo pecado. Uma coisa não pode ser separada da outra”.

Os preletores principais da Conferência são os professores do Instituto Transforma e co-fundadores da Aliança de Discipuladores para as Nações (Disciple Nations Alliance)

, Darrow Miller e Bob Moffit.

Miller é pastor, autor de livros, vice-presidente da Fundação Contra a Fome (Food for the Hungry) e já integrou o a Comunidade L’Abri, na Suiça, onde foi discipulado por Francis Schaeffer. Moffit é autor, professor, Diretor Executivo da Fundação Harvest, fundador e Diretor Executivo da Partners Inc.

Para Rangel, enquanto Darrow Miller contribui com a “perspectiva bíblica e cosmovisão bíblica como a de poucos e uma capacidade fantástica de nos fazer pensar e repensar hábitos, dogmas e tradições”, Bob Moffit “motiva todos à sua volta a manifestarem um amor prático e transformador”.

Além da Conferência em Curitiba, o Instituto Transforma promoverá nos dias 3 a 6 de outubro, em Belo Horizonte (MG), apresentações de Bob Moffit e do dr. Vishal Mangalwadi, autor indiano, reformador social, colunista político, que estudou filosofia em universidades hindus e na Comunidade L’Abri , na Suíça.

Serviço:
Outras informações: http://www.institutotransforma.org
Inscrições por e-mail ou no local, se houver vaga:
em português: contato@institutotransforma.org
em español: contactoinstitutotransforma@gmail.com
Investimento: R$120,00
Contato / información: +55 – 41 3095 2269

Fonte: Ultimato Online

 

Aberrações gospel na web e o Camaro de Excelência

http://3.bp.blogspot.com/-hnkSwSodEOQ/UFTxjKc2OZI/AAAAAAAAYNI/52nCJGY9z1Y/s1600/chevrolet-camaro-Camaro_vermelho+(1).jpg

Tenho imensa dificuldade em engolir a Teologia da Prosperidade. Prefiro a teologia do serviço, do evangelho integral, do homem todo. Não engulo a teologia dos que ostentam camaros vermelhos ou amarelos, jatinhos e não cumprem requisitos básicos do cristianismo. O exemplo abaixo é típico daqueles que ‘pegam’ os fiéis na tríade: culpa, ganância e medo, como diria o teólogo Ed René Kivitz. Nada contra quem tem jatinho ou camaro. Auxiliam muito na locomoção, inclusive para quem tem compromissos urgentes fora de sua localidade, onde sua igreja ‘serve’. É o caso de zilhares de pastores conferencistas e palestrantes que, apesar das viagens, cumprem rigorosamente a agenda de suas denominações, mas usá-los como moeda de troca para dizer que foi ou será abençoado é uma divina afronta!

Ô, pastor. Saiba que alguém teve que pagar esse camaro vermelho aê? A grande questão que é discutida hoje é que muitos se vêem envoltos nesse mantra espiritual, nessa aura, nessa culpa de ter que devolver alguma coisa pra Deus. Como se estivéssemos em dívida eterna com o Pai. Aí, nem o Serasa! Tudo já foi pago! Com morte de cruz, com sangue derramado.

E o ‘pastor’ mais além. “É o ano de Eliseu, da porção dobrada”? Impressionante como igrejas ainda vivem, literalmente, do Antigo Testamento, inclusive imitando os próprios rituais. Pobreza de espírito ou a ausência do Espírito? Deveriam, sim, convidar seus membros a praticar o genuíno Evangelho de Cristo, adotar uma praça, cuidar de doentes, mendigos, prostitutas, dar comida e roupa para quem precisa e sofre marginalizado.

Quem perde com uma “trolada” dessa na internet são os membros da igreja e a própria população de Lagoa da Prata-MG que, se tinha, perdeu a referência na igreja que, com certeza, não acrescentava em nada. Com uma liderança dessas! “Vou ter o privilégio agora de andar para profetizar na sua vida que Deus tem o melhor pra você”. Não tenho dúvida alguma que Deus quer o melhor para os seus. Ele também quer o melhor daqueles que o rejeitam e daqueles que não tem jatinho, muito menos um camaro vermelho.

E o pastor sai em alta velocidade e, o que é pior, sem cinto de segurança. Bom exemplo, #sóquenão.

Andrey Librelon

Jornalista, editor do Blog Conteúdo Cristão

%d blogueiros gostam disto: